Localização

Bem-vindo ao Universo Fnac! Para que sua experiência seja a melhor possível, defina sua localização:

Outros

30ª Bienal de São Paulo – A iminência das poéticas

#30bienal 30ª Bienal de São Paulo abre para o público nesta sexta-feira, 07 de setembro de 2012, com cerca de 3 mil obras de 111 artistas.

Outros

30ª Bienal de São Paulo – A iminência das poéticas

jenniffer.hoche • 04 de setembro de 2012 • 18h14

30ª Bienal de São Paulo, de 7 de setembro a 9 de dezembro de 2012

Conforme define o corpo curatorial formado por Luis Pérez-Oramas, André Severo, Tobi Maier e Isabela Villanueva, a 30ª Bienal de São Paulo – A iminência das poéticas não possui um tema, mas um motivo. Esse motivo é o ponto de partida do qual se deduz uma série de perguntas sobre o tempo presente – entre elas, como a arte contemporânea funciona em situação de iminência, em um mundo imprevisível, marcado por acontecimentos que estão por vir e que nossos sistemas de pensamento não são capazes de assimilar plenamente.

Nesse âmbito, ligam-se duas ideias: a de iminência – entendida como aquilo que está a ponto de acontecer, como o que está suspenso, em vias de efetivação – e a de poética – entendida como discurso, como aquilo que se expressa, que se cala, que se transforma e que ganha potência comunicativa por meio da linguagem das artes. De acordo com o curador Luis Pérez-Oramas, a iminência também se manifesta pelo fato de que as obras de arte acontecem adquirindo, cada vez, uma forma diferente. A poética, por sua vez – em um sentido muito antigo resgatado pela curadoria –, é o arsenal simbólico que permite o estabelecimento de estratégias discursivas, cada vez mais presentes na arte contemporânea.

Arthur Bispo do Rosário é um dos 111 artistas da 30ª Bienal de São Paulo. Suas obras também fazem parte de exposição no Victoria and Albert Museum, em Londres, até o dia 28 de outubro.

Nas palavras do curador, “a 30ª Bienal aspira contribuir com o estado da discussão sobre o rol das práticas artísticas hoje e não pretende, portanto, afirmar-se com respostas definitivas, ortodoxas, messiânicas”. A curadoria da exposição deseja colaborar para a construção do presente, a partir das articulações que propõe entre as obras, da consistência de sua expografia, da claridade de sua identidade visual e do diálogo a travar com o público.

Cerca de 3 mil obras de 111 artistas – 50% destas produzidas especialmente para a exposição – compõem o universo da 30ª Bienal. Um olhar sobre os processos criativos de artistas de diversas procedências e gerações torna A iminência das poéticas um aparato discursivo no qual o que prevalece são os vínculos: as relações entre obras e artistas e sua ressonância em falas, encontros, discussões públicas e eventos poéticos ou performáticos.

30ª Bienal de São Paulo – A iminência das poéticas

Realização: Fundação Bienal de São Paulo

Curador: Luis Pérez-Oramas

Curadores associados: André Severo e Tobi Maier

Curadora assistente: Isabela Villanueva

Curadora educacional: Stela Barbieri

Local: Pavilhão Ciccillo Matarazzo, Parque Ibirapuera, São Paulo

Data: de 7 de setembro a 9 de dezembro de 2012

Os ingressos para a mostra são gratuitos.

Horários: segundas: fechado; terças, quintas, sábados e domingos: das 9h  às 19h (entrada até as  18h); quartas e sextas: das 9h às 22h (entrada até as 21h)

Visite: 30bienal.org.br

Curta: facebook.com/bienalsaopaulo

Siga:  @BienalSaoPaulotranslatingпродвижение сайта в спбциклевка паркета недорого частный мастерукладка линолеума на фанеру своими руками видеоминимальная сумма алиментов в украинетутцерковь возрождение киров