Localização

Bem-vindo ao Universo Fnac! Para que sua experiência seja a melhor possível, defina sua localização:

Cinema, Outros

De quando Bilbo conheceu Gandalf

“Bilbo Bolseiro era um hobbit que vivia tranquilamente no Condado, localizado a oeste da Terra Média. Tinha uma rotina simples: cuidar da casa, cozinhar e dormir. E apreciava esta rotina. Mas a visita de Gandalf, o Cinzento, e de uma comitiva de anões liderada por Thorin Escudo de Carvalho, o levou a uma perigosa jornada […]

Cinema, Outros

De quando Bilbo conheceu Gandalf

jenniffer.hoche • 22 de março de 2013 • 19h04

“Bilbo Bolseiro era um hobbit que vivia tranquilamente no Condado, localizado a oeste da Terra Média. Tinha uma rotina simples: cuidar da casa, cozinhar e dormir. E apreciava esta rotina. Mas a visita de Gandalf, o Cinzento, e de uma comitiva de anões liderada por Thorin Escudo de Carvalho, o levou a uma perigosa jornada por terras desconhecidas. E quando Bilbo finalmente colocou seus pés peludos em casa novamente, ele e seu mundo nunca mais seriam os mesmos…”

“Num buraco no chão havia um hobbit”. Foi com estas palavras escritas em uma folha em branco que o escritor J. R. R. Tolkien deu início a uma das maiores obras de fantasia de todos os tempos, sendo leitura recomendada até pelo Papa Francisco.

Misturando elementos do folclore nórdico, contos de fadas e literatura anglo-saxônica, “O Hobbit” foi publicado pela primeira vez em 1937 e nunca esteve fora de catálogo até hoje. Foi inspiração direta e indireta para histórias em quadrinhos, videogames, livros, RPGs, mas nunca tinha tido uma adaptação cinematográfica à altura. O ano de 2012 corrigiu isso. Peter Jackson, responsável por levar a trilogia “O Senhor dos Anéis” ao cinema, decidiu transformar o livro “O Hobbit” em três filmes também.

Muitos fãs da obra e do diretor acharam um exagero transformar um pouco mais de 300 páginas em cerca de nove horas de filme,  mas Peter Jackson levou o conceito de adaptação às ultimas consequências, ampliando episódios do texto original, acrescentando personagens novos e usando trechos de outros livros ambientados na Terra Média, como os apêndices de “O Senhor dos Anéis” e passagens citadas brevemente em “O Silmarillion”.  E o resultado já pode ser apreciado no filmeO Hobbit – Uma Jornada Inesperada”.

Assistir ao filme dá a sensação de reencontrarmos velhos amigos. O uso da mesma equipe, mesmas locações e mesmos atores nos deixa confortáveis, em um ambiente em que já conhecemos. Mesmo assim, a jornada de Bilbo junto a Gandalf e a comitiva de anões reserva diversas surpresas e emoções. Trolls, goblins e orcs deixam de ser meros peões nas mãos de grandes forças e são uma ameaça real. E finalmente ficamos sabendo em detalhes como Bilbo pegou o Um Anel das mãos do terrível Gollum, um dos momentos mais tensos do filme.

Se “O Hobbit – Uma Jornada Inesperada” é apenas o começo das aventuras de Bilbo, Gandalf, Thorin o os outros anões, quais são os terríveis perigos que os aguardam nos próximos filmes?

прокат toyota prado машин в грузиипроверка позиций сайта в поисковикахпродвижение сайта интернет реклама24option legitсоединить ноутбук и телевизорMAIL.RU PASS CRACKERстатья