Localização

Bem-vindo ao Universo Fnac! Para que sua experiência seja a melhor possível, defina sua localização:

Games: colaboradores Fnac falam sobre sua relação com os jogos

Os games fazem parte da vida deles desde a infância; conheça mais sobre suas histórias

Games: colaboradores Fnac falam sobre sua relação com os jogos

jenniffer.hoche • 24 de outubro de 2016 • 09h17

LucasMinha jornada pelos games começou cedo, em meados de 99 quando meu pai me apresentou ao incrível – ou não – Pentium MMX, onde conheci DOOM. Ali, naquela cadeira, já sabia qual era o meu destino: gamer! Com os jogos aprendi que no caminho certo sempre haverá adversários. Que o “continue” depende de nós. Descobri que sem experiência não evoluímos. E, talvez a lição que mudou a minha vida: todos podemos ser heróis, podemos salvar o mundo de alguém. Basta querer.
Lucas C. Trujillos
Estagiário em design gráfico – Sede

 

 

 
DerickTer medo de atravessar uma porta medonha, empunhar uma espada capaz de banir o mal, se esconder de terroristas em uma caixa ou jogar o controle bem longe quando nada der certo. Quem nunca passou por essas situações não sabe o que está perdendo. Ver um filme é uma experiência rica, mas somente jogando você é capaz de vivê-la. Êxtase, medo, raiva, vitória; é incrível como um simples jogo pode mexer com nossos sentimentos.
Dereck Rukopf Grimm
Comprador de Games – Sede

 

 

 
LaissaMeu primeiro contato com games veio com um Atari, lá pelos meus cinco anos; meus jogos favoritos eram Donkey Kong e Megamania. Enquanto cursava um técnico voltado para programação de jogos, o meu sonho era entrar para indústria de games, mesmo sabendo da existência do preconceito contra mulheres nessa área. Hoje em dia meus objetivos e prioridades são diferentes, meu tempo livre também não é o mesmo, mas sempre procuro jogar alguma coisa. No momento estou gostando de No Man’s Sky.
Laíssa Santos Soares
Consultora de Games na Fnac Porto Alegre